OS MODELOS DE REDAÇÃO MAIS PEDIDOS NAS PROVAS

Tempo de leitura: 3 minutos

Todos os anos o Enem, grandes vestibulares e os concursos públicos pedem junto aos conteúdos de provas, uma redação.

Saiba especificamente quais são e como produzi-las.

  1. Dissertação

O QUE É? Esse tipo de redação defende de uma ideia, ou seja ponto de vista do autor. Basicamente aborda um assunto e você apresenta seu posicionamento por meio de tese, questionamentos e argumentos de defesa. Jamais faça esse tipo de redação em primeira pessoa, ou seja, não use o “EU”, mas sim, de forma explícita, a terceira pessoa, o “ELE”.

QUAL A ESTRUTURA DO TEXTO?

Introdução: contextualize o tema, faça uma breve conjunção histórica (que não precisa se estender muito) e, de preferencia, já aponte sua tese nesse momento.

Desenvolvimento: hora de argumentar. Você deve apresentar os motivos de seu posicionamento. Convença o leitor de sua posição. Você também pode mostrar a tese nessa parte, se não apresentada antes.

Conclusão: por fim, você encerra o texto. Aqui é necessário mostrar soluções para os argumentos apresentados. Deve ser coerente com todo o texto.

QUAIS VESTIBULARES COBRAM? Os principais vestibulares do país. O Enem cobra esse modelo todos os anos, por isso atente-se sempre a estruturação do texto, que é dissertativa argumentativa*. É o modelo mais pedido nas provas.

*A conclusão deve apresentar propostas de intervenção social para solucionar o tema abordado na redação.

2. Narração

O QUE É? Aqui você pode narrar uma história real ou imaginária, e até mesmo misturar os dois. Narração é uma sequência de atos, denominada enredo, e é contata, narrado ou relatado por um narrador.

QUAL A ESTRUTURA DO TEXTO?

  •  Apresentação: introduz o texto e apresentando os personagens, o lugar e o período de tempo.
  • Desenvolvimento: aqui se desenvolve o enredo.
  • Clímax: momento mais emocionante do texto, nesse momento se revela algo muito importante/chocante.
  • Desfecho: apresentação dos rumos finais da história.

Os tipos de narração:

  • Fábula: esse tipo de narrativa tem por objetivo transmitir uma moral por meio da história.
  • Conto: é uma narrativa breve, pode ser real ou fictícia.
  • Crônica: narra o cotidiano de forma informal.
  • Romance: texto longo, envolve mais de uma trama.
  • Novela: texto também longo, é desenvolvido a partir de um personagem principal.

Os tipos de narrador:

Há três tipos. O narrador apresenta a perspectiva da história a ser contada.

  • Narrador Personagem: ele faz parte da história contada. Narração em 1ª pessoa.
  • Narrador Observador: apenas observa a história. Feito na 3ª pessoa.
  • Narrador Onisciente: ele conhece todos os detalhes da narração. Por ser feito na 3ª pessoa.

Os tipos de discurso:

  • Discurso direto: quando o narrador é um personagem falando diretamente para o leitor.
  • Discurso indireto: narrador interfere na fala do personagem, ou seja, contando os acontecimentos na terceira pessoa.
  • Discurso indireto livre: junção dos discursos anteriores.

QUAIS VESTIBULARES COBRAM? O principal vestibular é o da Unicamp.

3. Descrição

O QUE É?  Representa as características de um objeto, ideia ou sentimento e não depende do tempo. O objetivo é transmitir informações sobre o que vemos, de modo que isso possa ser visualizado na mente do leitor.

QUAL A ESTRUTURA DO TEXTO? Uso de imagem verbal, uso de verbos de ligação, adjetivos ou locuções adjetivas. Deve haver caracterização  ao objeto que está sendo descrito. Não é um texto dinâmico. Você dever ser direto e claro, para não confundir o leitor.

Há dois tipos: 

Descrição denotativa: acontece quando a descrição é objetiva e direta, sem uso de metáforas ou de figuras de linguagem. É chamada também de objetiva.

Descrição conotativa: acontece quando descrição é no sentido simbólico ou figurado. A descrição é de maneira mais próxima a realidade. É conhecida também como subjetiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *