ELEMENTOS FUNDAMENTAIS QUE FARÃO VOCÊ ARRASAR NA REDAÇÃO DO ENEM

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

A prova de redação do ENEM tem características especiais. A proposta de redação vem acompanhada por textos de apoio, que podem ser pesquisas científicas, notícias, quadrinhos ou outras ilustrações. O objetivo da coletânea é proporcionar dados para que o candidato construa seu próprio raciocínio sobre o tema.

 

O candidato deve estar atento às demandas da questão apresentada como tema da redação. É preciso levar em consideração aquilo que é exigido e não aquilo que o estudante considera como relevante. Porém, é importante que o candidato reflita sobre a importância dos quatro “C’s” da redação para ter um desempenho seguro.

 

O primeiro “c” é CONHECIMENTO.
Ler jornais e revistas de circulação nacional e boas obras literárias, principalmente os clássicos, os que ultrapassam os limites de tempo, espaço e fronteiras, darão ao candidato um repertório cultural relevante na hora de escrever, principalmente porque a prova do ENEM, especificamente, trata de questões sociais relevantes, levando em consideração elementos relativos aos direitos humanos, assunto, aliás, controverso, dependendo da ideologia do candidato. Portanto, ler é básico para desenvolver argumentos pertinentes para essa prova.

 

O segundo “c” é a CLAREZA.
Sem ela, o candidato não conseguirá levar a sua mensagem ao interlocutor, no caso, o corretor. É importante aqui se colocar no lugar do leitor e usar um vocabulário simples, mas com correção gramatical. Escrever bem é escrever para um doutor ou um estudante entenderem. Por isso, fuja de elaborações “parnasianisticamente” elaboradas, evite ambiguidades ou frases obscuras ou muito longas.

 

O terceiro “c” é a COERÊNCIA.
Não podemos nos esquecer de que o universo da dissertação não é uma criação nossa. Escrevemos sobre questões concretas, do mundo real, que pertence também a outras pessoas. Tomar cuidado com citações, com a relação entre o que foi afirmado em um parágrafo e não ser negado no outro, por exemplo, são elementos importantes para uma boa coerência.

E por fim, o “c” de COESÃO.
A ligação entre as partes do texto, seja na sequencia adequada dos parágrafos (coesão externa), seja no uso de conectivos adequados (preposições, conjunções, alguns pronomes) para ligar as partes do parágrafo entre si (coesão interna) é de fundamental importância para a alta performance nos textos.

O uso destes quatro “C’s” garantirá a você excelentes resultados no ENEM e em outros vestibulares.

Bons estudos!

 

TEXTO POR: Virgilio Cezar Torres

*Professor de Língua Portuguesa, Literatura, Redação, Filosofia, Sociologia e História da Arte, é docente no Ensino Médio e Cursos Pré-Vestibulares há 25 anos, tendo trabalhado nos maiores Sistemas de Ensino do país. Articulista, blogueiro, teólogo, pianista e poeta. Trabalha com capacitação de professores, palestras e cursos, principalmente na área de Linguagens. Atua como um dos colaboradores do Aplicativo Prova 10.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *